Compartilhar share

Falando da Assistëncia Social como política pública

Publicado em 23/08/2022 às 12:11 - Atualizado em 23/08/2022 às 12:11

A assistência social como política pública trata de um direito de cidadania, para  garantir o atendimento às necessidades da população mais vulnerabilizada pela pobreza e pela exclusão social, não pode mais ser retirada a qualquer momento, pois está garantida em lei.

A Assistência Social contribui com a concretização dos Direitos sociais, que estão lá na Constituição Federal de 1988. Além da constituição, a legislação que trata dessa política pública regulamenta a sua organização em forma de um sistema, o SUAS. 

Para a assessora de assistência social, Maria Luiza Milani,  o SUAS trata de  uma hierarquia, dos vínculos  e das responsabilidades do Estado sobre as necessidades do cidadão oferecidos em forma de serviços, benefícios e ações de assistência social, de forma permanente ou eventual. 

“Sendo que  eventual refere-se a situações não cotidianas, como situações provocadas por eventos climáticos ou mesmo como no caso da pandemia. Por isso, a assistência social tem uma modalidade de atendimento denominado benefícios eventuais, aquele sendo concedido somente quando ocorre o fato”, contou Maria.

O trabalho da assistência social deve ser realizada de forma integrada com as políticas setoriais, visando o enfrentamento da pobreza, à garantia dos mínimos sociais, ao provimento de condições para atender contingências sociais e à universalização dos direitos sociais. 

Uma criança ou um adolescente é de responsabilidade da saúde, da educação, da habitação, da segurança pública. O mesmo acontece com uma pessoa idosa. As suas necessidades não podem ficar a cargo somente da assistência social. Em todas as situações de riscos e vulnerabilidades devem ser envolvidos os demais setores do Estado, pois desta forma se intensifica os recursos aplicados nos encaminhamentos e soluções dos problemas que afetam as populações.

Nenhum problema é exclusivo da assistência social, por isso a atuação conjunta dos diversos setores dos governos locais deve ser constante e cada vez mais praticado, de modo que muitos problemas 

A Amplanorte seguirá trabalhando para defender e atender os interesses e demandas dos municípios da região. Para saber mais sobre os eventos e ações que acontecem na associação dos municípios do planalto norte, continue acompanhando nossas mídias.