Compartilhar share

Região discute início do trabalho do Programa Gente Catarina

Publicado em 26/07/2022 às 14:35 - Atualizado em 26/07/2022 às 14:35

Na sexta-feira, 22, os profissionais e equipe técnica da saúde dos municípios da região do planalto norte, acompanharam uma roda de conversa com apresentação dos profissionais da secretaria da saúde do estado, sobre o Programa Gente Catarina.

O Programa Gente Catarina, do Governo do Estado de Santa Catarina, pretende melhorar a vida das pessoas, por meio da elevação do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano). Ele se iniciou no ano passado em cinco municípios da Serra Catarinense. De lá para cá, com as ações ampliadas para mais municípios, já é possível ver avanços.

“O  Planalto norte inicia o cronograma do Programa gente Catarina, tendo como objetivo adoção de medidas voltadas a viabilizar investimentos e ações por parte do Estado de forma integrada com a análise situacional e regionalizada, permitindo identificar os fatores determinantes dos indicadores de desenvolvimento humano", contaram as profissionais da atenção primária da regional de Mafra,  Gislaine Felix Ramos e Alyne Mendes Correia.

A iniciativa trabalha com uma frente de quatro eixos, que tratam temas como: evasão escolar, mortalidade materna, infantil, precoce e emprego e renda, tendo planos de ação divididos em empoderamento da comunidade escolar, com mapeamento das vocações, fortalecimento da saúde primária, além do monitoramento da violação de direitos. 

Na região, o programa do estado terá como foco os municípios de Monte Castelo, Irineópolis, Bela Vista do Toldo e Major Vieira.  "O projeto é de extrema importância  para nossos municípios poderem rever com um olhar especial algumas estatísticas e assim criar métodos a serem trabalhados para melhorar alguns pontos específicos", contou a secretária de saúde de Major Vieira, Silvia Clarice Kondrat.

Para o coordenador de políticas públicas da Amplanorte, Ricardo Nestor de Paula, a iniciativa é valorosa e realista.  "Por um lado, procura resolver a extensão da causalidade na desigualdade catarinense; por outro lado, busca a agilidade dos resultados", explicou.

"O papel mais importante é contribuir para a melhoria da vida das pessoas. Essa é exatamente a nossa intenção com o Gente Catarina. Por meio deste plano, teremos ação coordenada e conjunta nos setores de educação, saúde, segurança, desenvolvimento econômico sustentável e desenvolvimento social", completou Ricardo.

A Amplanorte seguirá trabalhando para defender e atender os interesses e demandas dos municípios da região. Para saber mais sobre os eventos e ações que acontecem na associação dos municípios do planalto norte, continue acompanhando nossas mídias.

 


Galeria Multimídia

{{grupo.nome}}
  • {{grupo.items.length - 12}}
    {{item.codGaleriaMultimidiaItem}}
Fechar